Procurado…De Preferência Morto



Pedofilia na Internet




Caso Alanis: laudo revela crueldade

Os últimos minutos de vida da menina Alanis foram de desespero.

Ela foi vítima da crueldade de seu agressor.

O jornal O POVO teve acesso ao exame de corpo de delito.

Os peritos da Coordenadoria de Análises laboratoriais Forenses do Ceará constataram que a menina morreu em decorrência de traumatismo crânioencefálico e asfixia mecânica por esganadura com violência sexual associada.

O laudo diz que o assassino usou um objeto “contundente“ para provocar o “traumatismo crânioencefálico“ e “contundente por ação constrictora“ para sufocar a garota.

Imobilizada, a menina foi morta por “meio cruel pela capacidade reduzida de defesa, por sua pouca idade (5 anos), pela multiplicidade, localização e diversidade das lesões`.

O laudo, de duas páginas, revela ainda que o homicida, além de estuprar a garota, também manteve relações anais com ela.

Para a Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forenses, segundo consta no laudo cadavérico, foram remetidos, além de roupa, esperma e sangue, “dois filamentos negros, crespos, podendo representar pêlos pubianos de adulto“ que foram encontrados no abdômen da garota.




Agradecimentos a Lara pela dica de post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s