Uma Ladra na Macumba

 Sai para lá Pombagira Dilmacumba-sete-petê;
Sai encosto 

SRZD

A ladra de bancos, Dilmacumba Rousseff, adia lançamento de projeto de proteção à liberdade religiosa (Proteção à liberdade religiosa o cacete, a preferência por religiões afro é gritante, fora isso no mesmo bojo desta medida há outras que visam colocar uma mordaça na boca de outros credos quando tratarem dos queridinhos da esquerda, os “incriticáveis”) 

O projeto do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH) já causou polêmica entre militares, juízes, latifundiários (latifundiários o * do jornalista que escreveu essa matéria, na cabeça de bagre desse pessoal todo mundo que comprou suas terras com o suor do próprio trabalho é latifundiário malvado), sem-terra, empresários de comunicação e agora com os evangélicos e com os praticantes de sacrifícios de animais candombléeerrgghh.

O lançamento do Plano Nacional de Proteção à Liberdade Religiosa, que faz parte do PNDH e previsto para esta quarta-feira, foi adiado sob a alegação de “revisão de pontos jurídicos”(Esses bostas da esquerda viram é que deram um tiro no pé com esse plano e agora estão rebolando para tentar não perder muito nas urnas). A ordem para o cancelamento foi dado pela ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata à Presidência da República pelo PT, Dilmacumba Rousseff (A ladra acha que tem um problema de “eleição precoce”). A avaliação política do adiamento é de que a ministra Dilma quer evitar choques entre evangélicos e a Igreja Católica em ano eleitoral (Essa turma esquerdista apronta sem parar, mordendo até a mão que sempre alimentou a esquerda brasileira, a igreja católica, depois querem que fique tudo por isso mesmo, é bom para essa cambada de padres comunistas homossexuais da CNBB aprender).

O Plano da Liberdade Religiosa, que tem o aval da Secretaria do Coitadismo Racial dos Odiadores de Brancos da Igualdade Racial, prevê a legalização fundiária de imóveis ocupados por terreiros de macumba e o tombamento cultural dos centros de umbanda. (Ou seja, dane-se se está tudo irregular, os vagabundos matadores de bichos e vendedores de benesses do além vão ganhar os imóveis, não bastando isso ainda querem tombamentos para que o poder público tenha que cuidar desses buracos com a grana do contribuinte) .

Não vou me referir a isso como as pérolas, vou me referir a isso como os “toletes” do PNDH 3:

Objetivo estratégico VI:
Respeito às diferentes crenças, liberdade de culto e garantia da laicidade
do Estado.

Ações programáticas:
a) Instituir mecanismos que assegurem o livre exercício das diversas práticas religiosas, assegurando a proteção do seu espaço físico e coibindo manifestações de intolerância religiosa. (Inclusive assegurando que otários continuem sacrificando animais para ganharem favores do além, estranhamente todos os lugares em que se pratica esta bosta o povo está numa MERDA DE LASCAR, não é que a macumba atraia má sorte misticamente, é que ela não atrai nada de bom mesmo, além de perpetuar a superstição, ignorância e a maldade)

IrResponsáveis: Ministério da Justiça; Ministério da Cultura; Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República
 
Parceiro: Fundação Cultural Palmares (FCP) (Por que será que esses caras estão tão interessados hein ?)
 

Recomendação: Recomenda-se aos estados e ao Distrito Federal a criação de Conselhos para a diversidade religiosa e espaços de debate e convivência ecumênica para fomentar o diálogo entre estudiosos e praticantes de diferentes religiões. (Ecumenismo é o @#*, a maior parte das religiões são excludentes entre si, não tem nada em comum, nada mais falso que esses cultos ecumenicos, um baita bando de bobos de mãozinhas dadas pregando coisas totalmente contraditórias mas unidos em nome da imbecilidade)

b) Promover campanhas de divulgação sobre a diversidade religiosa para disseminar cultura da paz e de respeito às diferentes crenças (Todo mundo já sabe das diversas religiões, já viram na TV, net, tem amigos que praticam religiões diferentes, parem de fingir que inventaram a roda cambada de esquerdistas de merda. Quando falam em cultura da paz até parece que aqui no Brasil existem grandes conflitos religiosos, quando muito rola um tapa na orelha como acontece em qualquer lugar. Respeito ? Religião alguma merece o meu respeito simplesmente por ser religião, se alguma viesse a merecer respeito seria por aquilo que prega e faz e não simplesmente por existir enquanto religião)

IrResponsáveis: Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República; Ministério da Cultura; Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República
 
Parceiro: Fundação Cultural Palmares (FCP) (Pouuuurra, olha eles aí de novo) 
c) Desenvolver mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União. (Peraí, os caras não estavam falando de tolerância agora há pouco ? Agora querem impedir a ostentação de símbolos em repartições públicas ? E vejam que eles escreveram de maneira genérica, tanto pode ser para impedir que tenha um símbolo religioso na repartição pública como também serve para querer impedir que você entre na repartição pública ostentando o seu crucifixo, pentagrama, crescente ou seja lá o que for que a sua religião use) 
 

IrResponsável: Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República
Recomendação: Recomenda-se o respeito à laicidade pelos Poderes Judiciário e Legislativo, e Ministério Público, bem como dos órgãos estatais, estaduais, municipais e distritais.

d) Estabelecer o ensino da diversidade e história das religiões, inclusive as derivadas de matriz africana, na rede pública de ensino, com ênfase no reconhecimento das diferenças culturais, promoção da tolerância e na afirmação da laicidade do Estado. (Se já falou em “religiões” no plural qual era a necessidade de incluir esse “inclusive as derivadas de matriz africana” ????? A velha papagaiada coitadista racial ? Imagina, maldade minha)
 

IrResponsáveis: Ministério da Educação; Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República

Parceiros: Secretaria Especial de Políticas de Promoção do Coitadismo Racial da Igualdade Racial da Presidência da República; Ministério da Cultura; Fundação Cultural Palmares (FCP) (Olha eles aí mais uma vez)
 

Vão querer tombar as encruzilhadas também ? 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s