Jesus não Salva

http://videos.r7.com/r7/service/video/playervideo.html?idMedia=5098ff36e4b052accc3ae85a&idCategory=183&embedded=true

Pastor é assassinado na frente da mulher e filhos na saída de culto

Ao sair de um culto na noite do último domingo (4) o pastor Vítor José Teixeira, de 43 anos, foi abordado por criminosos que pediram um documento de identificação, mas antes que o religioso pudesse apresentar seu documento foi brutalmente assassinado.

O crime aconteceu em Magé, na Baixada Fluminense, diante da esposa do pastor, Elenice Medeiros, e de seus dois filhos, um de 16 e outro de 17 anos. No depoimento a esposa conta que dois criminosos em uma moto perguntaram se Vítor era o “Alexandre”.

“Eu demorei para pegar a carteira para eles terem certeza de que o nome não era Alexandre, mas eles metralharam o meu marido”, disse.

O pastor da Igreja Batista do Imperador foi atingido por diversos tiros, recebeu socorro, mas morreu a caminho do hospital. Muito abalada a esposa pede por justiça e as demais testemunhas do assassinato temem vingança por parte dos bandidos.

Jovem é morto a facadas durante culto em igreja evangélica

Durante um culto evangélico no bairro Mangabeira, em João Pessoa, os fiéis presentes testemunharam um crime. Nesta quarta-feira (18), um adolescente de 16 anos foi assassinado dentro da igreja com pelo menos 10 facadas no abdome.

Segundo testemunhas, ele estava fugindo de um rapaz e entrou no local em busca de proteção.

O suspeito do crime tem 18 e foi detido pela polícia na madrugada desta quinta-feira (19). Ele está na Central de Polícia e deve ser encaminhado para um presídio de João Pessoa.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar relatou que o adolescente já entrou na igreja ferido, mas o rapaz que o atacou também entrou na igreja e continuou esfaqueando a vítima. O último golpe atingiu o pescoço e a faca ficou cravada no corpo da vítima.

Ao constatar a morte, o criminoso fugiu a pé do local. A PM informou que o rapaz morto era o dono da faca usada no crime. Conhecido por Galalau, ele disse à polícia que o motivo do crime foram as constantes ameaças que a vítima fazia a ele. Mas o delegado Antônio Brayner relatou que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas e isto pode ter motivado o crime.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s