Os Bandidos em nome de deus

Pastor é preso no RJ acusado de liderar quadrilha de milicianos

O templo da igreja era usado como escritório para o crime

De acordo com o jornal Extra, o pastor Dijanio Aires Diniz da Igreja Pentecostal Deus é a Luz, localizada na zona Oeste do Rio de Janeiro, está sendo acusado pela polícia de ser o chefe de um bando que cometia diversos crimes usando o templo da igreja como escritório.

Para conseguir chegar até a quadrilha e prender dez suspeitos foi preciso somar os trabalhos de agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco/IE) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público (MP).

O MP descobriu que dentro do templo havia um escritório de onde eram feitos empréstimos e cobranças com taxas de juros que chegavam a 30% ao mês.

Os crimes que os suspeitos estão sendo acusados envolve extorsões, ameaças, comércio ilegal de combustíveis, agiotagem, exploração de transporte alternativo, cobrança irregular de uma “taxa de segurança” e até mesmo máquinas de caça-níqueis.

Mas o pastor não é o único que estaria encabeçando a quadrilha, o jornal carioca cita também um ex-policial que foi preso em maio deste ano em flagrante por estar extorquindo R$ 120 mil de uma vítima.

Uma denúncia feita pelo Gaeco é que ligou os dois acusados que usavam da violência para conseguir fazer vítimas e arrancar dinheiro delas. Entre os métodos usados pela polícia para chegar até os criminosos estavam escutas telefônicas que gravaram conversas que partiram do telefone da própria igreja.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s